Ir para conteúdo principal Ir para menu principal Ir para menu do rodapé Ir para menu Categoria Ir para menu Arquivo
Logon

Viver Seguro no Trânsito

Nós estamos fazendo nossa parte. E você?
Início do conteúdo
  • Rio de Janeiro prepara esquema de trânsito para garantir mobilidade durante as Olimpíadas

    Olimpíadas_2

    De olho na mobilidade durante os Jogos Olímpicos do Rio, os cariocas e visitantes já estão convivendo com as mudanças feitas pela prefeitura para garantir a fluidez do trânsito, principalmente em relação à locomoção das delegações pela cidade entre as competições. Uma das principais medidas da prefeitura do Rio é a restrição da circulação de veículos nas faixas olímpicas, identificadas pela cor verde e destinadas, em vias como Avenida Brasil e Linha Amarela, apenas aos veículos credenciados pelo Comitê Rio 2016.

    Até o dia 18 de setembro, quem for flagrado por agentes da Guarda Municipal do Rio de Janeiro ou por equipamentos eletrônicos transitando pelo local exclusivo, terá que pagar uma multa de R$ 1,5 mil. Enquanto algumas faixas são de uso restrito da Família Olímpica, outras são compartilhadas – porém preferenciais aos credenciados – com ônibus, táxis com passageiros e motoristas que tenham como destino alguma área com limitações de acessibilidade. Para os dois tipos de faixa, a prefeitura instalou sinalização para avisar os motoristas quando o espaço será dividido ou completamente dedicado.

    Outros locais da cidade estão com acesso limitado aos condutores, como a Ilha do Fundão, que teve o Acesso 3 (Linha Amarela) fechado, entre 15h e 21h, e a Ponte do Saber, também na Cidade Universitária, que não estará disponível entre 6h e 15h. Circular pela Barra da Tijuca durante o período dos Jogos Olímpicos será igualmente difícil para os motoristas, já que o local concentrará a maior parte das disputas. Por isso, a orientação das autoridades é dar preferência ao transporte público, mesmo aqueles que não vão acompanhar os Jogos.

    Nos dias de jogos, para facilitar a chegada aos locais de competição, a linha 4 do metrô, que liga a zona sul do Rio à Barra da Tijuca, só poderá ser usada pelas pessoas que adquiriram o RioCard especial das Olimpíadas. O transporte do Rio também contará com o novo reforço do Bus Rapid Transit (BRT) Transolímpico, que liga o Recreio dos Bandeirantes a Deodoro.

    Se você quer aproveitar mais do que os esportes, o aplicativo de mobilidade urbana Metro Mapper Turismo Brasil, recém-lançado, promete apresentar a cidade e facilitar a vida dos visitantes e cariocas nos deslocamentos. Com mapas do metrô, Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), trens urbanos, além dos principais pontos turísticos, a ferramenta permite personalizar a sua rota e está disponível, gratuitamente, para os smartphones com sistema Android e IOS.

    Nessas Olimpíadas, desejamos que o trânsito flua bem na cidade maravilhosa, que o Brasil conquiste muitas medalhas e resgate o respeito nacional e internacional pela mobilidade, hospitalidade, segurança e organização. Vamos, lá Brasil!